Gabigol e Bruno Henrique cumprem profecia e chegam a 60 gols pelo Flamengo

Formando dupla mais letal do futebol brasileiro, atacantes reeditam grandes parcerias.

- Foto: André Durão

A goleada por 5 a 0 sobre o Grêmio começou a ser construída com gols da dupla mais letal do futebol brasileiro. Gabigol e Bruno Henrique têm feito estrago com a camisa do Flamengo e reeditado parcerias de ataque que andavam fora de moda no país.

Com os dois gols de Gabriel e outro de Bruno Henrique contra o Grêmio, eles chegaram juntos a 60 gols na temporada com a camisa rubro-negra. Os números e marcas impressionam.

Números e marcas da dupla em 2019
  • Com 60 gols, a dupla marcou 51% dos 116 gols do Flamengo no ano
  • Considerando assistências, participaram diretamente de 70 gols do Flamengo
  • Gabigol é o principal artilheiro do país em 2019, com 35 gols
  • Gabigol assumiu a artilharia isolada da Libertadores, com sete gols.
  • Bruno Henrique tem cinco gols na Libertadores
  • Gabigol também é o principal goleador do Brasileirão, com 19 gols
  • Bruno Henrique é o vice artilheiro do Brasileirão, com 12 gols
  • Bruno Henrique foi o artilheiro do Carioca, com 8 gols
  • Gabigol foi o vice artilheiro do Carioca, com 7 gols
  • Na Libertadores, antes dos gols de Marí e Rodrigo Caio, eram responsáveis por todos gols do Flamengo a partir das oitavas
  • Foram convocados recentemente por Tite
  • Bruno Henrique marcou 6 gols em 6 jogos em outubro

"Seremos felizes"

A profecia de Gabigol por telefone para incentivar o amigo Bruno Henrique a acertar com o Flamengo em janeiro não foi da boca para fora. Os dois estão em estado de graça e têm deixado os rubro-negros com sorrisos de orelha a orelha.

Eles jogaram juntos no Santos e chegaram ao Flamengo em janeiro deste ano. Gabigol foi o primeiro a acertar e incentivou o amigo a se mudar para o Rio de Janeiro. “Vem, seremos felizes”, disse o camisa 9 por telefone. Após uma arrastada negociação, Bruno Henrique desembarcou na Gávea por quase R$ 27 milhões, com contrato até o fim de 2021.

 

Gabigol também chegou ao Flamengo em janeiro, por empréstimo até o fim do ano. Carismático e com faro de gols, caiu nas graças da torcida, e o clube se mobiliza para contratá-lo. O Flamengo tem conversas avançadas com a Inter de Milão pela compra de seu artilheiro e está otimista com um desfecho feliz. Até lá, clube e jogador vão desfrutando dos momentos históricos que estão vivendo. E querem mais.

- A história foi escrita hoje. Estamos na história do Flamengo. Mas queremos mais - disse Gabigol.