Após confusão em boate e suspensão, Cueva se reapresenta ao Santos e vai a campo em treino

Meia retorna às atividades com o elenco quase um mês depois de se envolver em briga

Cueva participa de treino do Santos no CT Rei Pelé nesta sexta — - Foto: Caíque Stiva

Cueva voltou a treinar no Santos na tarde desta sexta-feira, no CT Rei Pelé. Mesmo fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli, o peruano foi liberado para trabalhar com o elenco, o que não acontecia desde que o atleta se em uma confusão numa casa noturna, no dia 27 de setembro.

O Santos não confirma, mas o atleta foi multado (valores não foram revelados).

Na quinta-feira, Cueva, acompanhado de seu representante, se reuniu com o superintendente de futebol, Paulo Autuori, para debater questões relacionadas a seu futuro e sobre sua situação no Santos.

Apesar de estar integrado ao elenco, a tendência é que não seja mais utilizado por Sampaoli na sequência da temporada – neste sábado, o Santos enfrenta o Corinthians, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro.

Comprado do Krasnodar, da Rússia, no início do ano, Cueva não conseguiu engrenar no Santos e entrou na lista de transferências. A última partida dele com a camisa do Santos foi no dia 14 de setembro, na derrota por 1 a 0 para o Flamengo, no Maracanã.

O Peixe sequer começou a pagar por Cueva. O peruano está emprestado ao clube até o fim do ano. No contrato assinado com o Krasnodar há uma cláusula de compra obrigatória, no valor de 7 milhões de dólares (cerca de R$ 29 milhões, na cotação atual), que o Peixe pagará em três parcelas a partir de 2020, quando o acordo passa a ser definitivo.