Lewis Hamilton vence no México e fica a apenas quatro pontos do hexacampeonato na Fórmula 1

Inglês resiste com jogo de pneus duros por 47 voltas e controla Sebastian Vettel e Valtteri Bottas.

- Foto: AFP/Getty Images

Lewis Hamilton ainda não conquistou o hexacampeonato mundial de Fórmula 1, mas voltou a fazer mágica ao vencer neste domingo o Grande Prêmio do México. O inglês conseguiu completar 47 das 71 voltas da prova com um jogo de pneus duros e controlou Sebastian Vettel e Valtteri Bottas, que terminaram em segundo e terceiro lugares e tinham pneus 14 e 15 voltas mais novos.

Com este resultado, Hamilton ficou a apenas quatro pontos de faturar seu sexto título e ficar a apenas um de igualar o recorde de Michael Schumacher. Isso equivale a um oitavo lugar em três corridas, ou a dois nonos, independentemente de eventuais pontos extras pela volta mais rápida. Falando em recorde, o inglês chegou à 83ª vitória e ficou a oito de empatar com o alemão como maior vencedor da história.

Pole position, Charles Leclerc teve uma estratégia de duas paradas nos boxes e terminou em quarto, à frente de Alexander Albon, que adotou a mesma tática e fechou a prova em quinto. Max Verstappen foi o sexto colocado após ter um pneu furado numa disputa com Bottas no começo da corrida e também aguentar por 63 voltas com um jogo de pneus duros.

Completaram a zona de pontuação, da sétima à décima posições, Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Ricciardo (Renault), Pierre Gasly (STR) e Nico Hulkenberg (Renault). Na última volta, o alemão brigava pelo nono lugar com Daniil Kvyat (STR) quando o russo provocou um acidente e foi punido com o acréscimo de dez segundos ao tempo de prova, caindo para 11º.