Fábio Carille é demitido do Corinthians após derrota para o Flamengo

Técnico deixa o cargo na reta final do Brasileirão com oito jogos sem vencer

Fábio Carille deixa Corinthians após goleada sofrida para o Flamengo — - Foto: Thiago Ribeiro/Estadão Conteúdo

Fábio Carille não é mais técnico do Corinthians. O treinador deixou o comando do Timão após a derrota por 4 a 1 para o Flamengo, neste domingo, no Maracanã.

Além de Carille, deixam o clube o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, e o preparador físico Walmir Cruz. O coordenador de futebol Emerson Sheik e o gerente de futebol Vilson Menezes também têm cargo ameaçado.

– Nós tiramos. Foi uma conversa, toda conversa de demissão é triste, ainda mais de um treinador que tem história grande no Corinthians. Tivemos de tomar essa decisão – afirmou o presidente Andrés Sanchez, após a partida.

Sem Carille, Dyego Coelho, técnico do sub-20, vai comandar o Timão contra o Fortaleza, quarta-feira, na Arena Corinthians. Em entrevista coletiva, Andrés prometeu mudanças drásticas até o fim do ano, mas ainda não iniciou a busca por um novo comandante – Tiago Nunes, do Athletico-PR, e Sylvinho, recém-demitido do Lyon, da França, aparecem como nomes favoritos.

A equipe não vence há oito jogos no Campeonato Brasileiro, algo que não ocorrida desde 2013, e deixou o G-6 após as últimas derrotas, para CSA e o próprio Flamengo.

 

Em 183 jogos no comando do Corinthians, Carille obteve 86 vitórias, 56 empates e 41 derrotas. Ele está no top-7 dos treinadores da história do clube.

No comando da equipe ele conquistou o Brasileirão de 2018 e o tricampeonato paulista (2017, 2018 e 2019). Nesta segunda passagem, iniciada em janeiro, são 69 jogos, com 27 vitórias, 25 empates e 17 derrotas. Mesmo campeão estadual, o treinador admite que fez poucos jogos bons na temporada.

 

Fábio Carille foi contratado pelo Corinthians em 2009 para ser auxiliar técnico permanente. No fim de 2016, depois de uma negociação frustrada com o colombiano Reinaldo Rueda, o presidente Roberto de Andrade decidiu efetivá-lo no comando.

Após início arrasador, com três títulos em menos de um ano e meio, Carille se transferiu em maio de 2018 para o Al-Wehda, da Arábia Saudita. No fim da temporada, porém, ele retornou ao Timão.