Câmara também suspende ‘desconto’ em folha do vale Sindicato

Os “vales” eram descontados na folha, mas o Sindicato não vem pagando os comerciantes conveniados.

Presidente da Câmara, Carlos Henrique. - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Em comum acordo com os servidores (efetivos e comissionados) a Câmara Municipal de Sidrolândia também cancelou o convênio com o Sindicato dos Servidores Municipais, que permitia o desconto em folha das compras que fizessem no comércio com vales emitidos pelo Sindicato dos Funcionários.

A mesma decisão já havia sido adotada pelo Executivo, diante de uma dívida da entidade sindical de R$ 300 mil com os estabelecimentos comerciais conveniados. Os “vales” eram descontados na folha, mas o Sindicato não vem pagando os comerciantes.

Segundo o presidente da Câmara, Carlos Henrique, a suspensão do convênio foi tomada em comum acordo com os funcionários para preservar os interesses dos trabalhadores. A deliberação, tomada no último dia 25, foi oficializada ao Sindicato.

“O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais passa por um momento muito difícil em sua história, os problemas são muitos, são graves e são muito sérios. Eu como Presidente, tenho que resguardar os meus funcionários e determinei a Diretoria Administrativa desta Casa de Leis, para que se reunisse com todos os efetivos e aqueles que se valiam do Vale, para explicar a real situação sem esconder o que está se passando no Sindicato”, destaca Carlos Henrique.