Com risco de baixa no estoque, Hemosul convoca para doação antes de folga

Também nesta época do ano, a demanda do hemocentro aumenta, principalmente por causa do atendimento de pacientes de emergência

Voluntários doam sangue no Hemosul de Campo Grande - Foto: Henrique Kawaminami

Com risco de sofrer baixa no estoque por causa das folgas de fim de ano, Natal e Ano Novo, o Hemosul (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul) pede que voluntários façam a doação antes do recesso.

Também nesta época do ano, aumenta a demanda do hemocentro, principalmente por causa do atendimento de pacientes de emergência em hospitais públicos e privados.

Segundo o Hemosul, historicamente, na última semana do ano, a quantidade de doadores diminui. “No começo de dezembro as doações costumam ser boas por causa da solidariedade do Natal. Mas na semana entre o Natal e o Ano Novo elas reduzem muito”, afirma a gerente de relações públicas do órgão, Mayra Franceschi.

Em 2018, a queda registrada no número de doações no mês dezembro em comparação com novembro foi de 21%, baixando de 5.527 para 4.349.

Atendimento - Em Campo Grande, o Hemosul fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1.304, e abre nos dias 24 e 31 de dezembro, das 7h ao meio-dia. No Natal e Ano Novo, 25 de dezembro de 1° de janeiro, a unidade fecha. Nos demais dias o atendimento será normal, sem recesso para os funcionários.

No interior, cada unidade decidirá as escalas de atendimento. As cidades de Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã, Paranaíba, Aquidauana, Corumbá, Coxim e Nova Alvorada do Sul têm postos de coleta. Endereços, telefones e horários de atendimento podem ser conferidos no site do Hemosul.