Atlético-MG e Jorge Sampaoli não chegam a acordo; clube descarta a contratação do técnico argentino

Clube e treinador não chegaram a consenso sobre valores pretendidos na negociação.

- Foto: Maurício Rummens / Estadão Conteúdo

Na tarde desta sexta-feira (20), a assessoria de comunicação do Atlético-MG informou que, após reunião realizada nessa quinta, em Belo Horizonte, entre a diretoria do clube e o técnico Jorge Sampaoli, não houve acerto entre as partes. A proposta do Galo e os valores pedidos pelo pelo treinador estavam muito distantes, o que impossibilitou a contratação dele.

Assim sendo, o Galo continua a saga para anunciar o novo comandante da equipe para 2020, após a decisão de que Vagner Mancini não continuará no clube. A diretoria alvinegra traçou alguns "planos A", entre eles o do argentino que também não chegou em acordo com o Palmeiras. O GloboEsporte.com apurou que o treinador da seleção venezuelana, Rafael Dudamel, também está na mira do Atlético.

Entretanto, a dificuldade que o clube mineiro pode encontrar é justamente na questão econômica, ainda que no caso de Sampaoli, havia aporte do patrocinador MRV Engenharia, mas as exigências do argentino foram crescendo até as conversas serem encerradas. No caso de Dudamel, uma fonte ligada ao jogador afirmou à reportagem:

- Ele tem vontade de dirigir no Brasil. Alguns clubes apareceram com interesse, mas o problema foi o econômico - afirmou um representante do staff do ex-goleiro, que também confirmou haver conflito entre ele e a Federação Venezuelana de Futebol.

Em 2020, Dudamel terá a Copa América para trabalhar com a Venezuela, além das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022 no Catar.