Corinthians vende Júnior Urso, que assina com Orlando City por quatro anos

Colombiano Victor Cantillo é visto como substituto ideal para o volante no Timão

Júnior Urso deixa o Corinthians após uma temporada — - Foto: Marcos Ribolli

Negócio fechado e contrato assinado. O Corinthians sacramentou a venda do volante Júnior Urso para o Orlando City, dos Estados Unidos. O jogador fechou contrato de quatro temporadas com o clube da Flórida, que deve anunciar a transferência ainda nesta quinta-feira.

Os valores da operação são mantidos em sigilo, mas o Corinthians receberá cerca de R$ 3,5 milhões por Júnior Urso.

Para substituir o volante de 30 anos o Timão tenta a contratação do colombiano Victor Cantillo. O jogador do Júnior de Barranquilla foi indicado pelo técnico Tiago Nunes e é visto como o nome ideal para usar a camisa 8 alvinegra em 2020.

A diretoria do Corinthians decidiu não se opor à saída de Júnior Urso mesmo tendo contrato com ele até o fim de 2022. Um dos motivos foi o alto valor dele. Quando contratado pelo Corinthians, em fevereiro deste ano, o volante estava livre, após rescindir contrato com o Guangzhou R&F, da China. Assim, sem precisar pagar para ter os direitos econômicos, o Timão ofereceu um alto valor salarial e de luvas para seduzir o atleta a assinar por três temporadas.

Agora, porém, o Corinthians tenta reduzir a sua folha salarial. No orçamento para 2020, o clube previu gastar R$ 223 milhões com salários e direitos de imagem, quase 20% a menos do que neste ano.

Também pesou a vontade do jogador. Ao justificar a transferência a pessoas próximas, o presidente Andrés Sanchez recorreu à sua velha máxima de que não segura jogador que não quer ficar no clube.

Em reuniões com a diretoria alvinegra, Júnior Urso e seu representante deixaram clara a vontade de morar nos Estados Unidos e também de turbinar os ganhos, aproveitando-se da alta cotação do dólar.

Por fim, o Corinthians acredita que conseguirá repor rapidamente a saída do volante. O Timão aposta as suas fichas na chegada do colombiano Victor Cantillo, do Junior Barranquilla, que representaria um custo mensal bem menor do que o Júnior Urso.

Campeão paulista no começo deste ano, Júnior Urso disputou 57 jogos e marcou sete gols com a camisa alvinegra.