Em mais um jogo marcado por discriminação contra Balotelli, Lazio bate Brescia

Jogo precisou ser paralisado na 1ª etapa por causa de cantos racistas vindos da torcida visitante

Balotelli foi alvo de racismo durante jogo do Brescia - (Foto: Daniele Mascolo/Reuters)

Com dois gols do artilheiro Ciro Immobile, a Lazio derrotou o Brescia, neste domingo, por 2 a 1, de virada, no campo do adversário, na abertura da 18.ª rodada do Campeonato Italiano. O jogo precisou ser paralisado aos 30 minutos da primeira etapa por causa de cantos racistas vindos da torcida visitante contra o jogador Mario Balotelli.

Com o resultado, a equipe de Roma chega aos 39 pontos e continua sua perseguição às líderes Juventus e Internazionale, que somam 42 pontos cada e jogam nesta segunda-feira. O Brescia, com 14 pontos, é o 18.º colocado, na zona de rebaixamento, apenas à frente de SPAL e Genoa. 

O Brescia saiu na frente do placar com um belo gol de Mario Balotelli. Lançado, o atacante ganhou do zagueiro no jogo de corpo e bateu cruzado de pé esquerdo para fazer 1 a 0, aos 18 minutos do primeiro tempo.

Aos 30 minutos, Balotelli informou o juiz Gianluca Manganiello que estava ouvindo cantos racistas vindos da torcida adversária. O jogo ficou parado por alguns instantes até que as manifestações fossem paralisadas. O técnico Simone Inzaghi, do time romano, chegou a pedir aos torcedores para que parassem com os atos de discriminação.

O empate da Lazio veio ainda no primeiro tempo por intermédio de uma cobrança de pênalti. Immobile bateu bem no canto direito e deslocou o goleiro Jesse Joronen, que caiu no canto esquerdo. Foi o 20.º gol do artilheiro no campeonato.

Com 64% de posse de bola e 19 chutes a gol, a Lazio só foi conseguir o gol da vitória aos 46 minutos da etapa final. Bola lançada na área, mais uma vez Immobile mostrou todo o seu poder de finalização, ao bater rápido e colocado para fazer o segundo gol dos visitantes.