Após denúncia, dupla que fez família refém e fugiu com 2 Mercedes é presa

Assalto ocorreu no dia 12 de dezembro do ano passado na Vila Carlota, em Campo Grande

Veículo roubado da família foi recuperado horas após o roubo. - (Foto: Henrique Kawaminami)

Dois homens foram presos no domingo (5) após assumirem a autoria de um assalto à residência no dia 12 de dezembro do ano passado na Vila Carlota, em Campo Grande. Eles fugiram levando joias, relógios, dinheiro e dois veículos Mercedes-Benz.

Os militares foram ao bairro e, na Rua Maria José Leite de Oliveira, dois rapazes empreenderam fuga pulando muros de residências ao avistarem a viatura policial. Em uma das casas, os policiais conseguiram abordar Diego Gomes Pereira, 23 anos.

Em posse de vários relógios, o rapaz assumiu à polícia que havia roubado os acessórios durante assalto a uma casa na Vila Carlota. O suspeito também revelou que estava guardando uma arma de fogo em uma fazenda na estrada que dá acesso ao distrito de Capão Seco, na saída para Sidrolândia, e também que o comparsa estaria no bairro Rouxinóis.

Os policiais foram ao local e encontraram o comparsa de 20 anos e dois pares de tênis, também roubados no assalto à família da Vila Carlota. Os dois foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Tiradentes. Sem mandado de prisão e como havia passado o flagrante, o suspeito de 20 anos foi liberado. Diego continua preso pelo porte de arma.

O caso - Na madrugada do dia 12 de dezembro, um homem de 75 anos, e a esposa, de 38 anos, foram rendidos em uma residência na Vila Carlota.

Os dois foram trancados em um quarto enquanto a dupla revirava a casa. A vítima mais velha chegou a ser agredida a coronhadas por um dos bandidos.

Os criminosos fugiram levando cerca e R$ 30 mil em joias, R$ 5 mil em dinheiro, dois relógios de ouro e dois veículos Mercedes. As vítimas conseguiram sair do quarto e acionaram a Polícia Militar, que montaram pontos de bloqueio nas regiões do bairros Tiradentes, Moreninhas e no anel viário.

Uma equipe que fazia buscas na região do bairro Itamaracá flagrou o momento em que os veículos entraram em um posto de gasolina na BR-163 e deram início a uma perseguição.

Durante a fuga, o autor que conduzia um dos veículos perdeu o controle da direção do carro e bateu contra uma árvore no anel viário, na saída para São Paulo. O comparsa, que dirigia a outra Mercedes, abandonou o veículo às margens da rodovia aproximadamente um quilômetro depois.