Guardiola nega interesse do Manchester City em Messi: 'Meu desejo é que fique no Barcelona'

Técnico esfria rumores sobre saída do craque argentino após crise estourar no Barça

Guardiola, já como técnico do City, observa Messi em confronto pela Liga dos Campeões em 2016 — - Foto: Reuters

No que depender da vontade de Pep Guardiola, Lionel Messi não sairá do Barcelona. Os rumores envolvendo o futuro do melhor jogador do mundo cresceram nos últimos dias em virtude da crise institucional viva pelo clube catalão, com o argentino sendo um dos pivôs depois de responder ao secretário-técnico Abidal nas redes sociais.

Nesta sexta-feira, em entrevista coletiva prévia ao confronto contra o West Ham, pelo Campeonato Inglês, o técnico do Manchester City foi enfático:

- Ele é um jogador do Barcelona. Ele vai ficar lá. Esse é o meu desejo: que fique no Barcelona. Acho que ele vai encerrar a carreira lá.

O contrato de Messi com o Barcelona vai até junho de 2021, mas especula-se a existência de uma cláusula em que ele possa rescindir com o clube no próximo verão, em julho. Isso acendeu a chama de diversos gigantes europeus, além de mexer também com muitos veículos de imprensa.

Na mídia catalã, o jornal “Mundo Deportivo” trata o tema como “missão impossível”.

Na mesma entrevista, Guardiola atualizou as dúvidas sobre o departamento médico do City. Sobre Sané, afastado desde agosto por uma grave lesão no joelho direito, ele afirmou que ainda faltam “algumas semanas”. O atacante Sterling, com dores musculares, é o problema mais recente:

- Vamos ver. Claro que leva semanas. Veremos antes de Leicester, Madri e o restante dos jogos. Não sei agora.

O Manchester City visita o Real Madrid pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões no dia 26 de fevereiro.