Sessão solene abre trabalho legislativo do ano de 2020 na Câmara Municipal

Mesmo convidado para apresentar os resultados e as propostas para o ano de 2020, o prefeito Marcelo Ascoli não compareceu ao evento.

Sessão solene abriu os trabalhos de 2020. - Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Sidrolândia abriu os trabalhos legislativos na noite desta segunda-feira, 17, em uma sessão solene. Mesmo convidado para apresentar os resultados e as propostas para o ano de 2020, o prefeito Marcelo Ascoli não compareceu ao evento. Por motivos de saúde, o presidente da Casa, Carlos Henrique Olindo, também não marcou presença.

Escolhido pelo prefeito para falar sobre as ações desenvolvidas pelo executivo durante o ano de 2019, o Secretário de Finanças do município, Renato da Silva Santos, disse que o trabalho foi intenso e que abrangeu todas as áreas da administração pública.

Falando pela Casa de Leis, o vereador Waldemar Acosta lamentou a falta do prefeito e disse que na visão dele, as ações desenvolvidas pela administração municipal foram pequenas. "As esperanças eram muito maiores e não alcançou a altura do anseio da população. No município de Sidrolândia ainda temos muitas pessoas sem onde morar, sem emprego", cobrou.

O parlamentar cobrou ainda mais efetividade, com pensamento e planejamento que visem o futuro de Sidrolândia, que segundo ele, daqui a 10 anos as ações realizadas hoje vão fazer a diferença. "É preciso que o governo avance", pontuou.

Presidente da sessão, por causa do impedimento médico do presidente Carlos Henrique, a vereadora Vilma Felini conclamou seus pares a fazerem com que esta legislatura seja feita da melhor forma possível. "Que nesta nova legislatura possamos fazer com que nossos trabalhos sejam desenvolvidos para o povo, que clama por mudanças e espera muito trabalho de nós vereadores", concluiu.