Dois municípios de MS serão alvos de fiscalização de aplicação de recursos federais

Órgão vai verificar como estão investidas verbas em áreas com saúde e educação.

Miranda é uma das cidades que receberá equipe da CGU - - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

A Controladoria-Geral da União (CGU) realizou nesta quarta-feira (19) um sorteio para definir os 60 municípios que irão passar por fiscalização para checar a aplicação de recursos repassados pela União para a execução descentralizada de programas federais. De Mato Grosso do Sul, foram escolhidas as cidades de Caracol e Miranda.

Foram sorteados 60 municípios com população de até 500 mil habitantes, exceto capitais, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Capitais e cidades maiores são fiscalizadas em outras linhas de atuação da Controladoria.

Em cada uma das áreas municipais sorteadas, os auditores da CGU analisarão os recursos federais ali aplicados. O objetivo da fiscalização será definido individualmente após a seleção, com base na análise de materialidade e criticidade da aplicação dos recursos destinados a cada município.  

Poderão ser fiscalizados, por exemplo, programas das áreas sociais, como saúde e educação, ou programas que receberam maior quantidade de recursos federais. Os trabalhos de campo dos auditores da CGU estão previstos para serem concluídos em agosto, e os relatórios com os achados da fiscalização, em dezembro.