Polícia suspeita que presos por assalto à lojas Gêmeos roubaram pizzaria há 3 semanas

O assalto a Loja Gêmeos foi a segunda investida a estabelecimento comercial registrado em menos de 24 horas em Sidrolândia.

No caso de ontem, foi decisiva para prisão dos responsáveis, a rápida ação policial. - Foto: Vanderi Tomé/Região News

As forças de segurança da cidade, inicialmente a Polícia Militar e depois a Polícia Civil, conseguiram prender ontem à noite os dois homens (a versão inicial é de que eram três) que assaltaram a Loja Gêmeos, que fica na Rua João Márcio Ferreira Terra, numa ação por volta das 18h30.

A Polícia suspeita que Edgar da Silva de Oliveira, 51 anos e Jonathan Aguirre, 20 anos, os dois envolvidos na investida criminosa desta quarta-feira, foram os autores de uma ação semelhante no último dia 28 de janeiro, que teve como alvo a Império Pizzaria na Rua Targino de Souza. 

No caso de ontem, foi decisiva para prisão dos responsáveis, a rápida ação policial. Acionada, a Polícia Militar chegou rapidamente e conseguiu interceptar na saída para Maracaju, Edgar da Silva de Oliveira, que dirigia o Fiat Uno, placa KKG-7199, de Anastácio, usado no assalto. Em seguida foi localizado na casa dele no São Bento, Jonathan. Parte do dinheiro e dois celulares roubados foram recuperados. 

Dois assaltos

O assalto a Loja Gêmeos foi a segunda investida a estabelecimento comercial registrado em menos de 24 horas em Sidrolândia.

Na terça-feira à noite, dois homens invadiram a Farmácia Pague Pouco, renderam os funcionários e um cliente que chegou durante a ação e os mantiveram sob a ameaça de revólver na copa. Agrediram um dos funcionários e fugiram levando quase R$ 1,200 mil, três celulares e uma das câmeras de monitoramento.