Obra de reforma do Posto São Bento começa nesta segunda-feira

Os pacientes desta unidade de saúde passam a serem atendidos no Posto Malvinas, no período da tarde.

Os pacientes que são atendidos nesta unidade de saúde passam a ser atendimentos provisoriamente no Posto de Saúde Malvinas. - Foto: Paulo Gomes/Assessoria de Imprensa

Com graves problemas estruturais, o Posto de Saúde São Bento vai passar por uma ampla reformar a partir desta segunda-feira, dia 9. Os pacientes que são atendidos nesta unidade de saúde passam a ser atendimentos provisoriamente no Posto de Saúde Malvinas, no período da tarde.

Com esta readequação, os pacientes que são atendidos no Posto de Saúde Malvinas, serão atendidos no período da manhã em 6 horas corridas, com os mesmos profissionais que já vem fazendo o acompanhamento médico. Os profissionais de saúde que atendem no São Bento vão atender seus pacientes no período da tarde, no Posto Malvinas, também em seis horas corridas. Os pacientes continuam com seus médicos fazendo o acompanhamento de saúde.

O prefeito Marcelo Ascoli destacou a importância desta reforma que vai melhorar o local de trabalho para os profissionais, assim como para os pacientes que procuram a rede pública de saúde para receber atendimento.

"Para que a gente possa fazer a reforma do Posto São Bento, que tem graves problemas estruturais, esta readequação é necessária. Vamos recuperar o prédio para que os profissionais possam atender com mais comodidade e também vai gerar mais conforto para nossa população", destacou Ascoli.

O prefeito informou ainda que após a conclusão da obra de reforma e recuperação do Posto São Bento, os atendimentos serão invertidos, por que o Posto Malvinas também receberá uma ampla reforma.

"Depois que a reforma do São Bento ficar pronta, será feita a troca. Os pacientes atendidos no Malvinas passam a ser atendidos no Posto de Saúde São Bento, temos este cronograma previamente agendado", informou.

Estas reformas são executadas pela Equipe de Manutenção, que é vinculada à Secretaria de Governo e Desburocratização, que são funcionários da Prefeitura, não tendo empresas terceirizadas fazendo estes serviços, com isso o município economiza recursos públicos.