Hospital Elmiria Silvério Barbosa adota medidas de segurança por causa do Coronavírus

Hospital Elmiria Silvério Barbosa adota medidas de segurança por causa do Coronavírus

Para o público em geral o Hospital Elmiria mandou confeccionar material impresso - Foto: Vanderi Tomé/Região News

O Hospital Beneficente D. Elmiria Silvério Barbosa adotou medidas de segurança para proteger tanto os profissionais que atuam na unidade de saúde como a população em geral. Seguindo recomendação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS), ficou definido em reunião na manhã desta terça-feira, 17, que será restrito o acesso de pessoas nas dependências do hospital.

Esta reunião foi com o corpo técnico da direção do hospital, para definir as regras adotadas e considerações e procedimentos padrões, para evitar o contágio. Na ocasião, os funcionários receberam orientações dos médicos e responsáveis pelo controle de infecção do hospital.

Para o público em geral o Hospital Elmiria mandou confeccionar material impresso com as recomendações que previnem a contaminação pelo coronavírus.

Na reunião ficou definida também a suspensão imediata dos estágios por meio da parceria com a Escola Paulo Freire, além da suspensão das visitas ampliadas, religiosas e de humanização. Neste caso, os alunos e os voluntários que diariamente circulam nas dependências do hospital estão sendo orientados a se afastarem das atividades até que seja dada nova determinação pelas autoridades de saúde.

Por medida de segurança, será permitida apenas uma pessoa acompanhante por paciente, com acesso restrito de acordo com as prerrogativas do Ministério da Saúde e com horários pré-estabelecidos das 19h às 19h30min nos setores de Unidade Centro de Parto Normal; Clínica Médica; Clínica Cirúrgica e Clínica Pediátrica. Pacientes em isolamento não terão acompanhantes.

Visitas

Será permitido somente um visitante por paciente por dia, durante 30 minutos, sem revezamento, com acesso restrito e seguindo as orientações do Ministério da Saúde sobre os grupos de risco que não podem ter acesso ao hospital: Menores de 12 anos; Acompanhante ou visitante com sintomas respiratórios; Acompanhante ou visitante do grupo de risco para coronavírus, que são idosos, cardíacos, diabéticos, hipertensos e imunossuprimidos.