Waldemar se emociona durante sessão ao falar do coronavírus e diz temer o que esta por vir

Waldemar, fez um resumo do efeito devastador do vírus em países como Itália que já registrou 3.405 mortes pelo novo coronavírus.

Vereador Waldemar Acosta (PDT) diz temer o que esta por vir. - Foto: Vanderi Tomé/Região News

O vereador Waldemar Acosta (PDT) diz temer o que esta por vir e não acredita que o País esteja preparado para enfrentar o coronavírus. O pronunciamento do parlamentar chamou atenção dos colegas e do presidente da Casa, Carlos Henrique Olindo, que deve baixar decreto nas próximas horas, com mudanças radicais no funcionamento da Câmara.

Assessores deverão ser liberados de suas atividades no legislativo e ficarão de sobreaviso caso haja convocação da Mesa Diretora ou, dos parlamentares. As sessões já passaram a ter o acesso restrito de populares, sendo permitida a entrada somente de assessores e dos veículos de comunicação.

Waldemar, fez um resumo do efeito devastador do vírus em países como Itália que já registrou 3.405 mortes pelo novo coronavírus. Na China — considerando todo o país — o total de vítimas até agora é de 3.245. Em sua avaliação, o único remédio do Brasil é o isolamento porque se houver uma epidemia, o sistema de saúde do País entrará em colapso.

“As pessoas estão fazendo piada, levando na brincadeira um problema que assola o mundo. Se em países desenvolvidos o problema se transformou num caos, imagina como pode ser devastador em nosso País, nosso Estado e em nossa cidade. Estou muito preocupado porque vejo muita gente achando que estamos fazendo alarmismo”, comenta.