Mandetta deve rejeitar proposta de isolamento vertical de Bolsonaro para contenção de pandemia

Segundo fontes do site BR Político, o ministro da Saúde apresentará ao presidente estudo que mostra ineficácia da estratégia.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e o presidente Bolsonaro. - Foto: divulgação

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), deve rejeitar a proposta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de conter a pandemia de coronavírus adotando a estratégia do isolamento vertical.

 Em entrevista ao vivo do Palácio do Alvorada nesta quarta-feira (25), Bolsonaro anunciou que vai discutir como ministro sobre a possibilidade de decretar isolamento vertical, que inclui apenas idosos e pessoas com comorbidades na quarentena.

De acordo com o site BR Político, na reunião, Mandetta deve apresentar ao presidente um estudo com modelos matemáticos que levou o Reino Unido, que até a semana passada adotava o isolamento vertical, a abandonar essa estratégia.

 O site ainda afirma que fontes próximas a Mandetta disseram que, caso Bolsonaro insista em uma mudança de postura por parte do ministro, ele pode deixar o cargo. A reportagem pondera, no entanto, que, por ora, a disposição do ministro é permanecer no cargo.