Sidrolândia continua com apenas um caso confirmado de coronavírus e os suspeitos, foram descartados

Segundo Cleide Roque, coordenadora da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e membro do Comitê de Combate ao Coronavírus de Sidrolândia.

Testes para Covid-19. - Foto: Divulgação

Sidrolândia registrou até o momento um caso confirmado e dois descartados do coronavírus. O único caso confirmado, até o momento, é de uma paciente vinda de viagem da Europa. No estado a doença vem avançando, e soma 24 casos confirmados, 38 suspeitos e 11 descartados.

Para intensificar o combate ao Covid-19 está prevista a chegada em Sidrolândia, na próxima semana, dos novos testes para fazer o exame do coronvírus. O governo federal anunciou que adquiriu e deve distribuir 22,9 milhões de testes durante a pandemia. No entanto, a pasta informou que a maior parte (15 milhões) ainda está em negociação com fabricantes.

Segundo Cleide Roque, coordenadora da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e membro do Comitê de Combate ao Coronavírus de Sidrolândia, o critério para destinação dos novos testes será de acordo com a população do município, o cálculo será entre 10% e 20% do total da população o outro critério será a incidência da doença no município.

Cleide disse ainda que com a chegada destes novos testes, o número de pacientes que poderão realizar o exame deve ser intensificado.
“Hoje se uma pessoa chega de viagem, seja internacional, ou mesmo de dentro do país, ela por consciência entra em quarentena. Caso sinta algum dos sintomas, procura atendimento médico e caso comece a sentir os sintomas mais agudos da doença, como a insuficiência respiratória, ela faz o teste para o Covid-19. Com a chegada dos novos testes, quando a pessoa chegar de viagem, o teste será feito, mesmo que o paciente não tenha os sintomas”, finalizou.