Município solicita tendas ao governo do estado para pré-atendimento de casos suspeitos do coronavírus

Uma das tendas seria instalada no Hospital Elmíria e a outra na UPA.

Secretário de Saúde: Nelio Paim. - Foto: Divulgação

A prefeitura de Sidrolândia solicitou ao governo do estado duas tendas para serem usadas como salas de pré-atendimentos de pacientes que estejam com suspeita de estarem infectados com o coronavírus.

Caso o pedido seja atendido, uma delas será instalada no Hospital Beneficente Elmíria Silvério Barbosa e a outra na Unidade de pronto Atendimento (UPA).
“Para que o paciente não seja levado direto para o interior das unidades de saúde, passará por um primeiro atendimento nestas tendas, que devem ser instaladas em um local arejado”, disse o prefeito Marcelo Ascoli.

Esta é mais uma das medidas que Sidrolândia vem tomando contra o coronavírus no município. Na última sexta-feira, 20 de março, foi decretado toque de recolher entre as 20h e as 4h da manhã do dia seguinte. Criou um Comitê de Combate ao Coronavírus, além de outras medidas já tomadas e outras que vem sendo ajustadas conforme a necessidade.

O prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli, disse que o município vem fazendo sua parte para enfrentar a pandemia e que estas medidas são para proteger a população. “Estamos tomando medidas para evitar aglomerações. Vamos analisando dia após dia para nos organizar de acordo com a necessidade, se a gente sentir que podemos afrouxar as medidas, vamos afrouxar, mas se precisar apertar, vamos apertar, tudo isso visando o bem-estar da nossa população”, falou.