Adilson Brito vai na contra mão dos atuais vereadores e lança pré-candidatura a prefeito de Sidrolândia pelo Republicanos

O acordo aconteceu em reunião que aconteceu em Campo Grande com a executiva do partido na manhã desta segunda-feira.

Pré-Candidato Adilson Brito em entrevista com RN. - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Na contra mão do que a maioria dos atuais vereadores de Sidrolândia vem articulando, que são suas pré-candidaturas para voltar a Câmara Municipal, o vereador Adilson Brito deve lançar pré-candidatura para prefeito pelo partido Republicanos. O parlamentar decidiu na manhã desta segunda-feira, 30 de março, seu desligamento do PROS, para ingressar na nova legenda.

A decisão aconteceu em uma reunião de Adilson com a executiva do Republicanos em Campo Grande, onde participaram o deputado estadual Antônio Vaz e o Presidente Estadual da legenda, Wilton Acosta, além da presidente do partido em Sidrolândia, Jucélia Ripol.

Quanto à estrutura para encarar o pleito, Adilson disse que o partido já tem alguns nomes confirmados como pré-candidatos a vereador, e que a legenda está aberta para receber novos nomes.

Sobre se lançar como pré-candidato à prefeitura, Adilson Brito disse que é um projeto que já vinha sendo costurado com o Republicanos há pelo menos dois meses. “É um projeto que vai na contra mão do que vem sendo apresentado até o momento pela maioria dos atuais vereadores, que estão se lançando como pré-candidatos a vereador novamente. Já vinha negociando há dois meses com a executiva estadual do partido. O deputado estadual Antônio Vaz, me procurou e apresentou o projeto e hoje chegamos à decisão de eu ingressar no partido e me lançar como pré-candidato à prefeito”, falou o parlamentar.

Em nível nacional o Republicanos vem recebendo nomes importantes do atual momento da política brasileira, como o Prefeito de Colatina (ES), Sérgio Menegelli, além do Senador Flávio Bolsonaro e do vereador Carlos Bolsonaro, ambos do Rio de Janeiro, filhos do Presidente da Republica, Jair Bolsonaro, que antes eram filiados ao Partido Social Liberal (PSL).