Para evitar aglomeração, santuário faz procissão motorizada, sem fiéis e missa é transmitida pela internet

Neste período em que as aglomerações não estão permitidas, o Santíssimo Sacramento percorreu ruas e visitou o Hospital Elmíria Silvério Barbosa.

Procissão Motorizada - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Com a proibição das celebrações presenciais, para evitar aglomerações que facilitam a disseminação do novo coronavírus, a missa comemorativa do Domingo de Páscoa da Paróquia de Nossa Senhora da Abadia foi transmitida pela internet, atingindo mais de 19 mil visualizações, um público muito maior que a lotação máxima da igreja, de 500 pessoas.

A procissão teve a solitária presença do Frei Júnior Cesar Roza, que a bordo da carroceria de uma pick-up Fiat Strada, com uma trilha sonora de louvores e palavras de oração, percorreu todo o trajeto da celebração religiosa por toda a cidade. Um dos pontos de parada foi no Hospital Elmiria Silvério Barbosa, onde pacientes e funcionários da instituição foram abençoados. Foram momentos de emoção, muita gente se ajoelhou e fez sua oração.

Houve um momento de comoção, quando o frei Júnior percorreu as enfermarias e encontrou familiares do senhor José Antônio Zorth, que estava internado no Hospital Regional (levado para lá após sofrer um AVC), teve morte cerebral, foi trazido para Sidrolândia e sepultado às 16 horas no Cemitério São Sebastião.

O frei Júnior, há 11 anos sacerdote e há três em Sidrolândia, diz que mesmo sem as missas presenciais, em tempos de pandemia a palavra do senhor tem chegado a milhares de pessoas, com transmissão diária da Missa sempre às 7 horas da manhã. O número de visualizações tem superado as expectativas.