Fifa diz não reconhecer Torneio de Caracas como título mundial, mas Botafogo prepara documentação

"Independentemente de qual seja o resultado do pleito, o clube se considera merecedor dessa reverência", afirma o presidente alvinegro Nelson Mufarrej

Jogadores do Botafogo no Torneio de Caracas de 1967 - Foto: Arquivo pessoal do ex-jogador Waltencir

O Botafogo registrou na última semana, em seu site oficial, as conquistas da Pequena Taça do Mundo de 1967, 1968 e 1970 como títulos mundiais e informou que iria à Fifa em busca do reconhecimento. Ao GloboEsporte.com, a entidade máxima do futebol mundial afirma não considerar o Torneio de Caracas como mundial.

- Decisão tomada pelo Conselho da Fifa em outubro de 2017 reconheceu todas as equipes europeias e sul-americanas que venceram a Copa Intercontinental (apenas) - disputada entre 1960 e 2004 - como campeões mundiais de clubes - informa a federação.

- No entanto, somente em 2000 a entidade organizou o primeiro Mundial de Clubes da Fifa, com representantes das seis confederações. Os vencedores desta competição, que passou a ser realizada anualmente desde 2005, são os oficialmente considerados pela Fifa como campeões mundiais de clubes da Fifa - diz o comunicado enviado ao GloboEsporte.com.

Apesar do comunicado, a Fifa ainda não recebeu nenhuma solicitação oficial do Botafogo, que mantém firme a decisão de levar à entidade o pedido de reconhecimento dos títulos conquistados em Caracas, na Venezuela.

- O Botafogo vai sim levar a sua fundamentação às autoridades competentes, pois considera ser um reconhecimento legítimo. Toda a documentação está sendo encaminhada ao Departamento Jurídico, que por sua vez irá formalizar e dar os devidos encaminhamentos - afirmou o presidente alvinegro Nelson Mufarrej ao GloboEsporte.com.

"Independentemente de qual seja o resultado do pleito, o clube se considera merecedor dessa reverência, um justo reconhecimento ao time que jogou o melhor futebol do mundo naquele período".

A copa internacional disputada na capital da Venezuela foi criada logo após o Mundial de 1950, sediado pelo Brasil. O torneio foi disputado até os anos 70 e teve alguns nomes, mas ficou conhecido como Pequena Taça do Mundo. Além de equipes sul-americanas, também competiram gigantes de Espanha, Inglaterra, Itália, Portugal e de outros países do Leste Europeu. Além de seleções nacionais, como a da Argentina.

 

Nas três edições que participou, o Botafogo passou por clubes como Barcelona-ESP, Benfica-POR e Peñarol-URU, fora as seleções argentina e soviética. Além do Alvinegro, outros brasileiros venceram o torneio: Bangu, Corinthians, Cruzeiro e São Paulo.