Suspeitos de matarem policial durante assalto em Porto Velho são presos

Um dos suspeitos foi morto no fim de semana no residencial Orgulho do Madeira. Caso aconteceu no último final de semana em um frigorífico localizado na Zona Sul da capital.

Armas utilizadas em assalto e a arma que foi roubada do policial foram apreendidas - Foto: Matheus Gama/CBN

Quatro homens foram identificados como suspeitos de participarem do assalto a um frigorífico que terminou na morte de um cabo da Polícia Militar (PM) no último fim de semana, em Porto Velho. Desses suspeitos, três foram presos e um foi morto ainda no fim de semana, no residencial Orgulho do Madeira.

Uma entrevista coletiva foi realizada nesta quinta-feira (16) pela Polícia Civil e Militar sobre o caso. O delegado Marcelo Rezende, da Delegacia de Patrimônio, disse que além dos suspeitos presos, foram apreendidas armas, inclusive a que era do policial morto e havia sido roubada.

O delegado também informou que um dos suspeitos presos é funcionário do frigorífico onde o crime aconteceu.

"Para esses infratores irem até o local praticar esse crime, eles tinham uma informação privilegiada de que havia uma certa quantia em dinheiro no local. Pela investigação foi demonstrado que o funcionário teria passado a informação de que era a hora de praticar o crime", disse.

A Polícia Civil informou que, até o momento, mais de 25 testemunhas foram ouvidas, e que algumas delas disseram ter presenciado conversas em que os suspeitos discutiam sobre o assalto. As investigações continuam sendo realizadas para que possam ser identificados outros possíveis envolvidos no crime.