Pastor diz que vai ignorar quarentena e anuncia cultos a partir de domingo

O pastor Adilson Machado, da Igreja Evangélica de Sidrolândia, anunciou em vídeo divulgado pelas redes sociais, sua decisão de desafiar a quarentena em vigor desde o último dia 24 de março.

Pastor Adilson Machado. - Foto: Arquivo/Região News

O pastor Adilson Machado, da Igreja Evangélica de Sidrolândia (IES), anunciou em vídeo divulgado pelas redes sociais na tarde desta quinta-feira, sua decisão de desafiar a quarentena em vigor desde o último dia 24 de março que veta a realização de cultos, missas ou qualquer outra manifestação religiosa em ambiente fechado para evitar aglomerações.

Depois de tentar, sem sucesso, uma reunião com o secretário de Saúde Nélio Paim, o pastor decidiu retomar os cultos no próximo domingo, com duas celebrações, uma às 9 horas da manhã e outra, às 16 horas, com público limitado a 50 pessoas, numa igreja com capacidade para 250 pessoas.

Por telefone, o pastor relevou a reportagem do RN que vai tomar todas as medidas de biosegurança no combate ao coronavírus, como o uso do álcool em gel, higienização e vai solicitar aos fiéis o uso de máscaras.  "Vamos adotar medidas de higienização, manter o distanciamento entre as pessoas. Idosos e quem é do grupo de risco não vão poder participar dos cultos", explicou.

O pastor, diante da flexibilização que atendeu vários segmentos do comércio, como praticamente tudo está funcionando, avalia que ao manter a restrição, penaliza apenas para as igrejas, avalia.