Sidrolândia registrou 42,5% de isolamento social nesta quinta-feira

O número é preocupando, logo que o ideal é 70% de isolamento social.

Beneficiários de programa social do Governo Federal na Caixa Econômica. - Foto: Divulgação

Como até o momento não existe vacina que combata o coronavírus, a única arma disponível é o isolamento social, que é defendido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelos países onde a proliferação do vírus se espalhou rapidamente e fugiu ao controle causando milhares de mortes.

Sidrolândia está com média bem abaixo do ideal neste quesito, que nesta quinta-feira, 16 de março, registrou taxa média de isolamento social de 42,5%. Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, apenas Jaraguari (73,3%), Ladário (65%) e Bela Vista (64,9%) cumpriram percentual considerado bom de distanciamento social.

Na média nacional, o Estado cumpriu 44,6% de distanciamento social, ocupando novamente o segundo pior lugar no ranking entre todos os estados da federação.
O secretário de saúde, Geraldo Resende, alertou que o novo coronavírus tem tido aumento diário em torno de 10% em Mato Grosso do Sul e que esse avanço só pode ser contido com o isolamento social. “Endereçamos ofício aos 79 prefeitos e secretários municipais, para que possamos continuar na política do isolamento social aliada a outras medidas, como forma de retardar a curva de crescimento da Covid-19 aqui no Estado”, falou.

O Estado confirmou mais 12 casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Conforme boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) atualizado até às 10h desta sexta-feira, 17 de abril, Mato Grosso do Sul possui 143 confirmados, 28 casos suspeitos em investigação, e cinco mortes pela Covid-19.