'Esquecer álcool no carro tem risco real de combustão', alerta coronel dos bombeiros em Campo Grande

Corporação ainda não recebeu nenhum chamado neste sentido, mas, fala sobre cuidados ao manipular o produto.

Álcool em gel não deve ser deixado no carro, alertam bombeiros — - Foto: Graziela Rezende/G1 MS

O Corpo de Bombeiros de Campo Grande ainda não recebeu nenhum chamado neste sentido, mas, faz um alerta para as pessoas que carregam o álcool em gel 70% e usam carro para locomoção.

Se esquecido no interior do veículo, o risco de acidente com este produto é real, principalmente se armazenado em vasilhames não adequados, pode causar a combustão.

"Houve um período da falta deste produto e as pessoas foram se adaptando, pegando um pouquinho aqui, emprestando um pouquinho dali e colocando em garrafas pet, por exemplo. O produto sai de uma embalagem para outra, na maioria das vezes a não adequada para ele. No caso do álcool líquido, que evapora rapidamente, a combustão é mais rápida ainda se for exposto ao sol", afirmou ao G1 o tenente-coronel Fernando Carminati, do Corpo de Bombeiros.

A orientação, segundo ele, é que a pessoa utilize água e sabão como meio de higienização, caso não consiga encontrar o produto para comprar. Já para quem tiver o produto, tanto na forma líquida quanto em gel, deve carregá-lo consigo quando estiver no carro e precisar parar em algum local.

Nas redes sociais, um internauta fez uma postagem para alertar acidente ocorrido pelo fato do produto ficar exposto ao sol. Desde então, existe a discussão para saber a postagem é ou não verdadeira.

"Um aviso muito importante...Não deixem o álcool em gel dentro do carro no sol...Meu carro acabou de pegar fogo. Voltei do mercado e estacionei na rua. Não deu 30 minutos....E o carro estava pegando fogo. Por sorte o vizinho viu e conseguimos apagar com a mangueira...Graças a Deus ninguém se machucou...Acionei o seguro.....Avisem a todos. Muito cuidado com o álcool em gel".