Após furar fila, PM discute e mata pescador com tiro na cabeça

O policial teria sacado a arma e atirado na região do rosto do pescador, que ficou gravemente ferido.

Populares incendiaram carro de policial. - Foto: Umuarama News

Uma discussão por causa de uma tentativa de furar fila, terminou em tragédia na noite deste domingo (26). Um pescador foi morto e o acusado pelo crime é um policial militar que estava de folga. O caso aconteceu no Porto São José, região da divisa de Batayporã, em Mato Grosso do Sul, com São Pedro do Paraná (PR).

Segundo informações do site Umuarama News, a discussão teria começado na rampa do porto quando havia uma fila de embarcações a serem retiradas do rio. Um policial militar de folga teria tentado furar a fila, quando então começou uma discussão com a vítima, identificada como ‘Vitinho’.

O policial teria sacado a arma e atirado na região do rosto do pescador, que ficou gravemente ferido. Ele foi socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu ainda na ambulância.

Umuarama News publicou que o crime revoltou populares, que atearam fogo no carro e barco do autor. Como o caso aconteceu no lado paranaense, as autoridades policiais daquele estado conduzem as investigações.