Trabalhador positivo de Covid-19 e a esposa estão bem, sem sintomas

O casal, que é natural do Pará, mora há 10 anos em Sidrolândia, mesmo tempo de serviço que tem na JBS.

O casal de funcionários da JBS/Seara que desde terça-feira estão quarentena domiciliar - Foto: Marco Tomé/Região News

O casal de funcionários da JBS/Seara que desde terça-feira estão quarentena domiciliar, ele positivo para Covid-19 e ela, ainda aguarda o resultado do exame, estão assintomáticos. Na manhã desta quinta-feira a trabalhadora cuja identidade a reportagem vai preservar, garantiu que não teve nenhum sintoma da doença desde domingo, quando voltou de Belém. Ela esteve capital paranaense em companhia do marido que perdeu o pai, vítima de câncer.

"Não senti nada. Meu marido, que teve febre e tosse, amanheceu bem nesta quinta-feira. Continua tomando os remédios que o médico receitou quando esteve na UPA segunda-feira à noite" revela.

Ela desmente os boatos de que ele tenha desrespeitado a orientação dada pelo plantonista da UPA, de ficar em Isolamento domiciliar. "Na segunda-feira de manhã, antes que voltasse ao trabalho, ele saiu na cidade para sacar o pagamento e fazer alguns pagamentos. De pra cá terça-feira, não saímos mais de casa”, revela.

O casal, que é natural do Pará, mora há 10 anos em Sidrolândia, mesmo tempo de serviço que tem na JBS. Pediram 10 dias de licença de não remunerada para que o trabalhador pudesse se despedir do pai, doente de câncer, que acabou falecendo no dia que chegaram a Belém. "Não fomos passear e trazer a doença para Sidrolândia, como algumas pessoas tem falado", desabafa a funcionária da JBS, indignada com os comentários maldosos que tem surgido nas redes sociais.