Rodoviária terá barreira sanitária e quem tiver sintomas do Covid-19 será testado

Quem apresentar sintomas do Covid-19 terá material coletado para exame com a recomendação de quarentena domiciliar.

Será mais uma medida para tentar rastrear quem chega à cidade de ônibus vindo de municípios, estados ou até países - Foto: Vanderi Tomé/Região News

A partir da próxima semana a Secretaria de Saúde de Sidrolândia vai montar barreira sanitária na estação rodoviária para aderir a temperatura corporal de todos os passageiros que desembarcarem na cidade. Quem apresentar sintomas do Covid-19 terá material coletado para exame com a recomendação de quarentena domiciliar. Está será uma das destinações de parte dos 3 mil kits que acabam de ser adquiridos.

Será mais uma medida para tentar rastrear quem chega à cidade de ônibus vindo de municípios, estados ou até países onde há grande incidência de casos de contaminação de Covid-19. Na última versão do decreto da quarentena foi incluído um dispositivo com a recomendação de quem retornasse destas regiões notificasse a Secretaria. Como não é uma medida impositiva, é pouco provável que às pessoas de forma voluntária atendam a orientação.

A necessidade da barreira sanitária foi reforçada depois que deu positivo para o Covid-19 um funcionário da Seara/JBS, que retornou de ônibus da viagem que fez para o Pará em companhia da mulher. O caso só foi identificado porque o rapaz teve febre e procurou atendimento na UPA segunda-feira passada.

Sem testagem

Ao comentar sobre este caso de coronavírus num funcionário da Seara/JBS, que segunda-feira à noite retornou aí trabalho, se aproximando de trabalhadores que deixavam o turno, o secretário Nélio Paim, descartou a possibilidade de exigir que a empresa teste todos os funcionários. Segundo ele seria uma medida inócua e cara (cada kit custa R$ 83,00), porque em média os primeiros sintomas do Covid-19 só uma semana após os pacientes contraírem o vírus. Muita gente poderia testar negativo (porque estaria na fase assintomática) e algum tempo depois ficar doente.