Saúde monitorava desde quarta-feira caminhoneiro positivo para Covid-19

Outros 3 caminhoneiros de Sidrolândia estão sendo monitorados pela Saúde para serem testados.

Outros 3 caminhoneiros de Sidrolândia estão sendo monitorados pela Saúde para serem testados - Foto: Divulgação

A localização do caminhoneiro de 46 anos que testou positivo Covid-19 (o 4º caso em Sidrolândia), foi o resultado do trabalho de 3 dias de monitoramento da Secretaria de Saúde iniciado na quarta-feira e encerrado dois dias depois. Na sexta-feira o motorista foi abordado pela Vigilância Sanitária ao chegar à empresa onde descarregaria a carga de gesso agrícola que trouxe de Uberaba.

A Secretaria de Saúde recebeu denuncia na quarta-feira de que um motorista estaria retornando a Sidrolândia após fazer um frete para Belém do Pará, de lá foi para Uberaba, de onde veio pra cidade. Durante a viagem, o caminhoneiro teria descrito em conversas de WhatsApp com colegas de profissão, sintomas similares ao Covid-19.

Na sexta-feira a equipe da Saúde ficou de campana em frente da empresa onde o caminhoneiro trabalha (na saída para Maracaju). Foi orientado a pernoitar no local, porque não poderia manter contato com seus familiares até que saísse o resultado do exame. No sábado houve a coleta do material e neste domingo, pouco antes do almoço saiu o resultado. Sua família, com a qual mantinha contato por telefone, deixou a casa para que ele possa ficar 14 dias em quarentena domiciliar.

Outros 3 caminhoneiros de Sidrolândia estão sendo monitorados pela Saúde para serem testados e encaminhados para quarentena domiciliar. Eles também estiverem a serviço no Pará, Estado onde se contaminaram três das quatro pessoas residentes que testaram positivo para o Covid-19.

Já está funcionando o disk Covid-19, um telefone para informações sobre a doença e receber denúncias de pessoas que retornaram de viagens para regiões onde tem havido alta incidência do novo coronavírus.