Anúncio de baile funk em chácara desafia decreto que proíbe aglomerações em Sidrolândia

Decreto da quarentena proíbe aglomerações, para evitar a transmissão do coronavírus.

Segundo o delegado Diego Dantas, o simples anúncio do evento por si não caracteriza ilícito penal. - Foto: Marco Tomé/Região News

Indiferentes ao decreto da quarentena, que proíbe eventos que gerem aglomerações, promotores de um baile estão veiculando pelas redes sociais a contagem regressiva de um evento programado para a Chácara Luxúria neste final de semana, a propriedade na saída do Quebra Coco, é usada por jovens que se reúnem para ouvir música em alto volume, participar de bailes funks.

Segundo o delegado Diego Dantas, o simples anúncio do evento por si não caracteriza ilícito penal, mas se de fato vier acontecer as forças policiais vão intervir, porque em função da pandemia do Covid-19, os promotores não conseguirão alvará da Polícia, do Corpo de Bombeiros e da Prefeitura.

O decreto da quarentena é bastante claro. Quem promover e aqueles que estiverem participando de eventos que favorecem a transmissão do coronavírus sendo denunciados à Polícia, responderão a processo que pode resultar em multa e prisão com bases nos artigos 267 e 268 do Código Penal.