Tsitsipas revela que gostaria de contratar Guga como seu treinador

Destaque da nova geração do tênis, grego fez vários elogios ao ídolo brasileiro

Tsitsipas é fã declarado de Gustavo Kuerten - (Foto: Reprodução/Instagram/Gustavo Kuerten)

O grego Stefanos Tsitsipas, atual número 6 do ranking da ATP e um dos tenistas da nova geração que pode fazer frente a nomes como Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer, é muitas vezes comparado, pelo seu estilo de jogo e também por algumas semelhanças físicas, ao brasileiro Gustavo Kuerten, três vezes campeão de Roland Garros. Ciente dessas comparações, o atleta de 21 anos brincou com elas durante uma live em suas redes sociais, afirmando já ter pensado em contratá-lo para ser seu treinador.

"Quero contratar o Guga para treinador. Lembro-me de alguns dos jogos dele quando era muito pequenino, em Roland Garros. Lembro-me apenas de como ele jogava em terra batida [saibro]. Era um dos jogadores de quem eu gostava. Mas cresci mais vendo o Roger [Federer] e o Pete Sampras. Parecia muito relaxado, era muito talentoso e não parecia que se esforçava muito para conseguir ser tão bom", elogiou Tsitsipas em seu Instagram.

O tenista grego destaca que Guga é um fiel e perfeito representante do Brasil enquanto país. "Havia ali muita paixão. Ele é o representante perfeito para o tênis brasileiro porque é tão apaixonado e apaixonante como eles", elogiou.

Atualmente, o jovem tenista conta apenas com seu pai, Apostolos Tsitsipas, como técnico em sua equipe e poderia encorpar o time com a experiência de Guga, ex-número 1 do mundo.

Em 2019, os dois se encontraram pela primeira vez no Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, em uma iniciativa do grego, que conseguiu marcar com o brasileiro por meio de sua equipe. Na ocasião, Tsitsipas elogiou Guga e disse que gostaria de atuar no Rio Open, torneio de nível ATP 500 no Brasil.

Embora já tenha sido sondado por Juan Martin del Potro e Jo-Wilfried Tsonga, Guga jamais atuou como treinador de um tenista profissional desde a sua aposentadoria, em 2008. Ele vem se dedicando integralmente ao trabalho de suas empresas em Florianópolis, todas ligadas ao tênis, como o Instituto GK e a Escola Guga.