Contratado por R$ 20 mil, motorista é preso com caminhão lotado de maconha

Droga ainda está sendo retirada de caminhão-tanque apreendido em ação conjunta entre PRF e Polícia Federal.

Fardos de maconha são retirados de caminhão-tanque apreendido na fronteira - (Foto: Divulgação)

Com apoio do Corpo de Bombeiros, policiais rodoviários federais da delegacia de Dourados estão desde o início da manhã desta terça-feira (2) retirando fardos de maconha do compartimento secreto instalado no semirreboque de um caminhão-tanque apreendido na noite de ontem em ação conjunta com a Polícia Federal na fronteira com o Paraguai. A droga ainda não foi pesada e tinha como destino Belo Horizonte (MG).

A apreensão ocorreu na rodovia estadual MS-156, entre Amambai e Caarapó, quando os policiais abordaram a carreta com placa de Minas Gerais, atrelada ao semirreboque com placa do Paraná e conduzida pelo caminhoneiro de 47 anos de idade residente em Indaiatuba (SP).

Oficialmente o semirreboque estava vazio, mas o compartimento secreto soldado na parte inferior do tanque escondia dezenas de fardos de maconha. O motorista contou que chegou a Ponta Porã há pelo menos dez dias e ficou hospedado em hotel da cidade. Depois pegou a carreta já preparada com a droga, no território paraguaio.

Sem antecedentes criminais, o homem disse que aceitou o pagamento de R$ 20 mil para levar a carreta com a droga até a capital mineira porque está endividado. Ele foi levado para a delegacia da Polícia Federal em Dourados e autuado em flagrante por tráfico.