Em julho, jogadores e funcionários do Santos terão redução salarial

Atletas não concordam com a decisão da presidência e querem receber valores que foram cortados pela direção do clube

Em julho, jogadores e funcionários do Santos terão redução salarial - (Foto: Guilherme Dionízio/Estadão Conteúdo)

Assim como outros clubes paulistas, o Santos também manterá a redução salarial para o mês de julho, embora o Peixe tenha estabelecido um piso salarial, os jogadores não concordaram com José Carlos Peres, presidente. As informações são do Gustavo Soler, da Rádio Bandeirantes, no Os Donos da Bola desta sexta-feira, 3.

Com piso salarial de R$6 mil, o Santos prorrogou a redução nos salários de atletas e funcionários. Entretanto, os jogadores do Peixe não concordaram, oficialmente, com o presidente do clube em diminuir os seus pagamentos. Eles exigem que seja pago o que foi acordado incialmente, inclusive, os valores cortados durante à pandemia.