Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 10 de Agosto de 2017 - 14:47

Hospital ativa novo aparelho raio-x após aparelho ficar quase um ano encaixotado

Na manhã desta quinta-feira, seu funcionamento já foi testado no exame realizado em dona Aparecida Rodrigues da Silva Romero






 

O aparelho digital, segundo o diretor clínico do hospital, Renato Couto, vai reduzir praticamente a zero as perdas -
Foto: Reginaldo Mello/Região News


 
O equipamento custou R$ 262.100,00, recurso do Ministério da Saúde alocado por emenda parlamentar do ex-deputado federal Fábio Trad"
 

Depois de autêntica epopeia gerada pela omissão dos gestores municipais da saúde, tanto nesta, quanto na gestão anterior, já está funcionamento o novo aparelho de raio-x do Hospital Elmiria Silvério Barbosa, adquirido ano passado, com emenda parlamentar de 2012 do ex-deputado federal Fábio Trad.

O equipamento custou R$ 262.100,00, recurso do Ministério da Saúde alocado por emenda parlamentar do ex-deputado federal Fábio Trad, liberada em dezembro de 2015. O digitalizador saiu por R$ 163.800,00 e o aparelho em si, R$ 98.300,00.

O raio-x ficou um ano encaixotado porque o hospital não podia desativar o equipamento anterior, defasado tecnologicamente, para adaptar a sala, porque era o único disponível na cidade para atender a rede pública. Há mais de quatro anos o que havia no Centro de Especialidades Médicas estragou e só no mês passado foi substituído por um novo, instalado na UPA (Unidade de Pronto de Atendimento), embora tenha sido doado pelo Governo do Estado em agosto de 2015.

Em outubro do ano passado o Conselho Municipal de Saúde chegou a propor que a Secretaria locasse um novo equipamento. A sugestão foi ignorada, sob o argumento de que a Prefeitura havia recebido um raio-x para instalar na UPA, que acabou sendo inaugurada só nove meses depois, há dois meses.

O processo de instalação do raio-x demorou 40 dias, período em que a empresa fornecedora promoverá os ajustes e houve o treinamento dos funcionários. O aparelho digital, segundo o diretor clínico do hospital, Renato Couto, vai reduzir praticamente a zero as perdas, já que antes, de 700 exames realizados por mês, 40 precisavam ser refeitos.

Na manhã desta quinta-feira, seu funcionamento já foi testado no exame realizado em dona Aparecida Rodrigues da Silva Romero, 60 anos, que pode ter fraturado o braço num acidente de carro.

Foto: Reginaldo Mello/Região News

Dona Aparecida Rodrigues da Silva Romero














Flávio Paes/Região News


Reportar Erros



 


 
.
SIDROLÂNDIA - MS

Com fechamento dos postos, atendimento fica restrito a UPA e a UBSF do Jandaia
SAÚDE

Governo promove hoje Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti
SAÚDE

Número de órgãos e tecidos transportados por companhias aéreas sobe 9% em 2017
BRASIL

Ministério amplia acesso ao contraceptivo DIU no Sistema Único de Saúde
 
 
  • Notícias
  • + Lidas







© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING